BGS 2016 – Veja a nossa cobertura

BGS2016 - 01
Aconteceu entre os dias 1 e 5 de setembro, a edição 2016 da Brasil Game Show, maior feira de videogames e entretenimento eletrônico da América Latina. Nós do StreetFighter.com.br estivermos lá e vamos contar um pouco do que a gente viu por lá!
02

Painel Street Fighter V no estande do Submarino

O evento dessa vez aconteceu no São Paulo Expo (ano passado o evento tinha sido Expo Center Norte, na Zona Norte de São Paulo), na Rodovia dos Imigrantes, lugar onde também é realizada a Campus Party e a Comic Con Experience. O motivo da mudança, segundo o organizador do evento, Marcelo Tavares, foi para abrigar estandes maiores e integrados. Realmente, mesmo nos dias de maior público (sábado e domingo) era possível trafegar na maior parte do pavilhão sem maiores dificuldades. Excetuando os restaurantes mais famosos e requisitados também era possível possível encontrar onde se alimentar com certa diversidade e tranquilidade.
BGS2016 - 03

YouTube Gaming

Muitas personalidades do mundo dos games podiam ser vistos, Youtubers, Streamers, produtores, artistas e diretores além das demais pessoas envolvidades no cenário gamer, que também marcaram presença.
BGS2016 - 04
BGS2016 - 05

O Twitch.tv também marcou presença com seu estande

Claudio Prandoni (Blog Hadouken e ex Game Up da ESPN Brasil, e atualmente editor-assistente do UOL Jogos), além de estar cobrindo o evento, lançou seu primeiro livro “Pokémon GO de A a Z + superdicas”, no estande da Saraiva. Monique Alves, a “Red Queen”, do Resident Evil (Horror) Database também participou de atividades de palco no estande do Warner, em algumas oportunidades também acompanhada pela Jéssica Pinheiro, a Jejé, do New Game Plus (ex Girls of War), ambas esbanjavam simpatia. Na IGN, Pablo Miyazawa (ex-Power Line, Nintendo World, revista Rolling Stone), e Gustavo Petró (lembra dos Madrugames, da TV Globo?), conversaram com os fãs. Além de Pablo Raphael (UOL Jogos), Guilherme Sarda (ex-portal Versus, e atual TecMundo).
BGS2016 - 06

Deco e Cláudio Prandoni

BGS2016 - 07

Deco e Dennys Trankas

BGS2016 - 08

Gustavo Petró, Deco e Pablo Miyazawa

BGS2016 - 09

Deco e Fábio Santana

BGS2016 - 10

Deco e Guilherme Sarda

BGS2016 - 11

Deco e Monique Alves

BGS2016 - 13

Deco e Jéssica Pinheiro (Jejé)

Um outro estande que foi destaque da feira, foi dos meninos do Warp Zone, trazendo todos os seus produtos para os gamers nostálgicos. E não somente Cléber Marques, Rafael Marques, Denis Bortolaço, Sabat e Ítalo Chianca estavam lá mas sim a equipe completa: Nando Bastos (responsável pelas ilustrações das revistas e livros – Clássicos Street Fighter entre outros), Ivan Battesini (o dono da Progames, a histórica rede de lojas de videogames, franquia de muito sucesso no Brasil e um dos homens por trás da revista Gamers), tietadíssimo Matthew Shirts (simplesmente “O Chefe” da SuperGamePower), Paulo Montóia (da também saudosa revista Ação Games), Claudio Balbino (ex-editor de diversas revistas, entre elas “Ultra Jovem” e “Game Over“), com certeza fazendo os fãs voltarem no tempo.
BGS2016 - 14
BGS2016 - 16
BGS2016 - 18

Rafael Marques, Deco e Cléber Marques

BGS2016 - 15

Matthew Shirts (o Chefe) e Junião

A BGS também deu muito destaque esse ano para os jogos indies. Eram cerca de 100 estandes onde os expositores apresentavam seus jogos e projetos. As editoras Saraiva e Europa marcaram presença também. Essa última distribuiu a recém lançada no Brasil revista Game Informer, atualmente principal revista de games norte americana. Próximo dali, acontecia o denominado “Brasil Game Jam”, onde equipes de estudantes confinados participavam de uma competição: tinham 48 horas para desenvolver jogos para posteriormente serem votados pelo público. Quem curtia o quadrinho nacional Holy Angenger, o game da série foi apresentado pela primeira vez ao público. Criadores da série, Marcelo Cassaro e J.M. Trevisan, apareceram para conversar com os fãs.
BGS2016 - 17

Estande do jogo de luta independente: Trajes Fatais

A arena Arcade contava com menos máquinas, e assim como a tradicional coleção de videogames de Marcelo Tavares também estava em número menor. O próprio Marcelo nos explicou que o motivo da diminuição foi um pedidos dos próprios expositores: “Eles queriam mais espaço, e por isso tivemos de diminuir o material nosso (seu acervo de videogames), mas para a próxima edição eles estarão de volta.
BGS2016 - 20

O espaço da evolução dos videogames estava bem menor que o ano passado

BGS2016 - 21
BGS2016 - 22

A área de Arcades estava bem pobre esse ano. Poucas máquinas, menores e com aqueles emuladores multi-jogos em alguma delas.

 

BGS2016 - 23

Quinta-feira o estande do Submarino recebeu um mini campeonato de Street Fighter V

CAMPEONATOS

Muitos campeonatos foram disputados. O estande da Brasil Game Cup era um dos destaques, com embates de Clash Royale, Counter Strike e DOTA 2. Killer Instinct e Gears of War eram os títulos do estande do XBox. No estante da Ubisoft: Raibow Six e a etapa brasileira de Just Dance. Ainda rolaram campeonatos de FIFA 17, nos estande da EA e Street Fighter V, no estande do Submarino. O Junião esteve lá no primeiro dia de feira e fez umas imagens pra vocês, incluindo a partida final e a nossa querida Chun-Li mandando no controle do PlayStation!
JOGOS
Os destaques da feira foram: For Honor, No Man’s Sky, Gears of War 4, GWENT, The Last Guardian, Batman Arkham VR, Gravity Rush, Fifa 2017, GT Sport, Ghost Recon, Resident Evil VII, Horizon Zero Down, Forza Horizon 3, Recore, Bound, Steep, Rachet and Clank entre outros. Para os amantes dos jogos de luta tinha diversos lugares para jogar Street Fighter V, Mortal Kombat X, Tekken 7, além de jogos clássicos no arena Arcade.
24

Resident Evil 7

25

Forza Horizon 3

26

Dead Rising 4

27

Tom Clancy’s Rainbow Six Siege no estande da Ubisoft

COSPLAYERS
Atrações certas no evento, encontramos vários cosplayers e Street Fighter teve seus representantes!
c02

Laura (Louise Ferreira)

c03

Ryu (Saulo Matsuda)

c04

Chun-Li (Kaká Fukuda)

c05

Cammy

c06

Chun-Li, Chun-Li e Noctis Lucis Caelum (Final Fantasy XV) – Daniele Delmasso e Paulo Marx

c07

Karin (Tay DS Cosplayer)

c08

Chun-Li (Nádia Ito)

c09

Chun-Li na segunda cor (Pam’s Snow Stage)

CAPCOM / STREET FIGHTER
A Capcom estava na feira junto com o estande da Warner Bros. Games e com a Electronic Arts, porém os grandes destaques do estande eram FIFA 2017, Batman Arkham VR e Resident Evil VII. Lá tinha uma pequena parcela da coleção incrível de série Resident Evil do acervo do Cláudio Corrêa, do site REVIL, para delírio dos fãs. Algo difícil de ser visto até mesmo em grandes feiras internacionais. Um casarão típico da série estava lá para visitação (a fila era gigante!), e uma demo estava disponível para os fãs.
28

Street Fighter V no estande da Capcom / Warner / EA

29

30

Espaço Resident Evil 20 anos

Os representantes da Capcom atendiam público e a imprensa, entre eles os nossos queridíssimos Fábio Santana (o “Fabão”), e Dennys Michelassi (“Trancas”). Para quem queria jogar Street Fighter, opções não faltaram. Não só no estande da Capcom/Warner como também por outros locais espalhados na feira.  Na Hyper X inclusive, Keoma Pacheco (um dos melhores jogadores de Street Fighter V do Brasil e campeão da etapa Brasil da CPT/BGS 2015), “jogava contra” e dava dicas para o grande público.
Keoma BGS 2016

Keoma Pacheco e Deco

 
Como sempre a Brasil Game Show foi um evento sensacional! O ponto alto da feira, além de tudo isso que já foi dito, para nós aqui do site é a possibilidade de encontrar pessoas, conhecer novos amigos fazer contatos e conversar com as pessoas. Destacamos o estande da Warp Zone, que virou uma espécie de ponto de encontro da galera gamer, principalmente o pessoal das antigas. Sem mencionar a incrível simpatia do pessoal (Cleber, Rafael, Denis e todo o pessoal) da Warp Zone, que sempre tratou a gente tão bem que até ficávamos acanhados!
BGS 2016 - 32

Anderson e Ivan Battesini, fundador da loja Progames

Enfim, se você gosta de videogames e não conhece a BGS, faça de seu projeto de vida juntar dinheiro para não perder a próxima edição!
E terminamos essa matéria com uma foto fantástica da BGS, cortesia da nossa amiga Anika Bonny: (visitem o canal da Anika)
anika-laura
Hadouken!
Texto e imagens por: Anderson “Deco” Martins de Castro e Ademar Secco “Junião” Junior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*