Aparições de personagens em outras séries

Ao longo dos anos nos acostumamos ver personagens da série Street Fighter fazendo participações em outros jogos. Akuma por exemplo é figurinha carimbada em aparições em outras séries, até mesmo quando não produzida pela Capcom, mas ele não é o único. Vamos tentar listar essas participações aqui:

Breath of Fire (Super NES, Game Boy Advance, 1993)
Chun-Li aparece primeiramente na cidade de Bleak, vá para a casa do menino mágico, fale com ele e responda ”Yes”, ”No”, ”No” e ”Yes” respectivamente e você verá a Chun Li treinando seu Lightning Kick (Hyakuretsu Kyaku). Tanto na versão Super NES quanto Game Boy Advance. Ela também pode ser vista na cidade de Romero, no final do jogo. No vídeo abaixo, ela também pode ser vista trajando seu uniforme rosa:

Resident Evil Survivor (PlayStation, PC, 2000)
Na fase Suburban Home, no quarto das crianças, há um pôster de Street Fighter ao lado do beliche.

Final Fight 2 (Super NES, 1993)
A chinesinha aparece em Hong Kong, comendo rámen. O homem de verde parece ser Lee de SF1. Já na França, ao enfrentar o chefe Freddie, ao fundo algumas pessoas observam a luta. Um deles aparenta ser Guile (ou Gunloc, de Slam Masters).

Breath of Fire III (PlayStation, PSP, 1997)
Chun-Li e Sakura estão visíveis (brevemente) na multidão durante a luta final no Contest of Champions.

We Love Golf! (Nintendo Wii, 2007)
We Love Golf! é um jogo de golfe, desenvolvido pela Camelot e publicado pela Capcom. Os jogadores podem desbloquear trajes de personagens de jogos da Capcom ao completar torneios, entre eles cinco da série Street Fighter: Lisa (Chun-Li), Brian (Guile), Mark (Ken), Tony (Ryu) e Meg (Sakura).

Crimson Tears (PlayStation 2, 2004)
O beat ‘em up possui vários personagens disponíveis como “skins” desbloqueáveis, entre eles Ryu, Chun-Li, Sakura e Guile.

 

X-Men: Children Of The Atom (Arcade, PlayStation, Saturn, 1994)
Jogo de luta precursor da série versus, Akuma aparece como personagem secreto e controlável.

 

Onimusha: Dawn of Dreams (PlayStation 2, 2006)
Jogo de ação lançado pela Capcom em 2006, tem skins de Ryu, Ken, Cammy, Chun-Li e Guile.

Harvey Birdman: Attorney at Law (PlayStation 2, 2008)
Jogo conta com várias aparições de personagens de Street, e ainda mostra um cartucho de Super NES de Street Fighter III, jogo que na época foi lançado para a poderosíssima placa CPS3 da Capcom, algo inconcebível para ser portado no 16 bits da Nintendo.

FLOCK! (PlayStation 3, Xbox 360, PC, 2009)
Blanka faz uma participação especial nesse puzzle desenvolvido pela Proper Games.

Fighter Maker (PlayStation, 1999)
Esse jogo de luta tinha como grande novidade a oportunidade de o jogador criar seu próprio lutador. A Agetec, distribuidora do jogo, adquiriu a licença da CAPCOM / ARIKA para usar Skullomania (o super-herói mascarado da série EX) como um lutador já pronto.

Série Darkstalkers
Aqui não há aparição de personagens da série, apenas algumas referências. A lutadora Hsien-Ko, em vários jogos da série Darkstalkers, arremessa objetos em seus adversários, entre eles o bracelete de Chun-Li, a garra de Vega e uma estátua de Akuma.

Asura’s Wrath (Xbox 360 e PlayStation 3, 2012)
Jogo de ação lançado em 2012 pela Capcom, Asura’s Wrath conta a história de Asura, com inspiração em divindades orientais. O game recebeu DLCs pagos, contendo dois capítulos extras, um contendo Ryu e Evil Ryu, e um segundo contendo Akuma e Oni. Nos capítulos extras, chamados de “episódios perdidos”, parte das lutas acontecem no estilo Street Fighter IV, com telas de versus, barras de energia, etc. Nos vídeos abaixo, você pode ver os dois capítulos, com muitas cenas de ação entre os personagens:

Dead Rising 2 (PlayStation 3, Xbox 360, PC, 2010)
No jogo de ação produzido pela Capcom junto com a Blue Castle há um item curioso: uma máscara do Blanka. Ela pode ser usada pelo próprio jogador, ou ser colocada em um zumbi, e se combinado com o item correto, um zumbi que usa a máscara pode ser eletrocutado e também eletrocutar zumbis ao seu redor.

LittleBigPlanet (PlayStation 3, PSP, 2008)
LittleBigPlanet é uma série de jogos de ação, e seu primeiro jogo foi lançado em 2008, em que o jogador controla um Sackboy, uma espécie de bicho de pelúcia, e o jogador pode customizar cenário e o personagem. Super Street Fighter II Turbo HD Remix, foi um dos temas lançados para o primeiro jogo da série. Foram quatro trajes: Ryu, Chun-Li, Guile e Zangief. Em LittleBigPlanet 2, o cenário de Guile de SF2 foi recriado, com direito a trilha sonora, sonic boom e shoryuken!

Série Mega Man
Em diversos jogos da série Mega Man, o robôzinho azul da Capcom recebe habilidades famosas de Street Fighter: hadouken (Mega Man X 1) , shoryuken (Mega Man X 2) e tatsumaki sempu kyaku (Mega Man X 8). Em Mega Man 9, Chun-Li aparece como repórter. E Ryu aparece em Mega Man Universe.

Remember Me (PlayStation 3, Xbox 360, PC, 2013)
Aqui também não há uma aparição de personagens, mas o jogo possui um pacote DLC chamado “Combo Lab Pack”, que foi dado pra quem adquiriu o jogo na pré-venda. O pacote continha três movimentos de luta exclusivos da franquia do Street Fighter: o “Spinning Bird Kick” de Chun-Li, o “Flash Kick” de Guile e o “Dragon Punch”, de Ryu, Ken e companhia. O jogo de ação foi produzido pela Dontnod Entertainment, e distribuído pela Capcom.

Há também um easter egg de Street Fighter no game:

DmC: Devil May Cry (PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One e PC, 2013)
Logo na primeira fase há um easter egg de Street Fighter, no local onde encontram-se várias máquinas de arcades, uma delas mostra uma tela com Ken e Ryu de Street Fighter II em combate.

Disney’s Magical Mirror Starring Mickey Mouse (Nintendo GameCube, 2002)
Jogo de ação do Mickey desenvolvido pela Capcom, há uma fase em que o rato tem que quebrar barris e faz movimentos que são clara referência aos shoryuken e hadoukens de Street Fighter.

Super Smash Bros Wii U / 3DS (2014)
Ryu é um personagem selecionável, disponibilizado via DLC, juntamente com o seu clássico cenário de Street Fighter II (Suzaku Castle). Ken também foi incluído como um troféu digital.

 

Resident Evil Origins Collection (PlayStation 4, Xbox One e PC, 2016)
O game é uma compilação da Capcom contendo RE HD e RE Zero remasterizados. A Capcom liberou um pacote de roupas via DLC para quem adquiriu o jogo na pré-venda. Entre elas, Billy pode usar a roupa da prisão de Cody, de Street Fighter Alpha 3.

Tekken 7 (PlayStation 4, Xbox One, Arcade, PC, 2015)
Akuma não só é um personagem jogável de Tekken 7, da Bandai Namco, como também é totalmente envolvido no enredo do jogo. Akuma está no jogo para cumprir uma promessa feita a Kasumi Mishima (que era esposa de Heihachi, e morta pelo mesmo), de matar Heihachi e Kazuya. Katsuhiro Harada, produtor da série Tekken, declarou que Street Fighter e Tekken fazem parte de um só universo. A Capcom nunca se pronunciou sobre. A Namco aliás que até hoje não lançou sua versão do crossover entre as duas séries: Tekken x Street Fighter, mas já declarou que o jogo não foi cancelado, a empresa espera apenas um momento mais oportuno para lançá-lo.

Perfect KO (PC, 2007)
Ken e Chun-Li são personagens jogáveis no jogo MMO de luta “Perfect KO”. Esse game é de novembro de 2007, publicado pela Neowiz e desenvolvido pela Thingsoft para o mercado coreano, muito pouco conhecido do público ocidental. Foi descontinuado em 2009, sem nunca ter tido um lançamento internacional.

Adventure Quiz 2: Hatena? no Daibouken (Arcade, 1990)
Este é um jogo bastante obscuro e lançado em 1990 apenas no Japão, a informação sobre o título é bastante limitada, mas o que é certo é que o Damn’d da Final Fight faz uma aparição no cover art para a versão Game Boy. Esta imagem mais tarde ressurgiu em um card da série ‘All Capcom World’, da Capcom em 1998. Ok, Damn’d nunca apareceu em um Street Fighter, mas como Final Fight é uma série agregada ao universo da série, vale a citação.

Varth: Operation Thunderstorm (Arcade, 1992)
Nos primeiros anos de operação da Capcom, os jogos de naves (scrolling shooter) dominavam os arcades. Em 1992 a empresa lançava “Varth: Operation Thunderstorm”. No quarto nível do jogo, entre o gramado e na parte inferior direita do satélite, Ryu aparecere e executa um shoryuken, com som característico e tudo! Ao disparar na direção do carateca até que ele desapareça, aparecerá uma grande quantidade de power-ups. Ao terminar o jogo (se certas condições forem atendidas), vários “Ryus” aparecerão dando shoryukens sincronizados durante os créditos finais.


Adventure Quiz: Capcom World 2 (Arcade, 1992)
Lançado somente nos arcades japoneses, é um prato cheio para os apaixonados pelo universo Capcom. Esse quiz é um jogo de tabuleiro, com rolagem de dados e tudo mais, e ao passar pelas casas, você se depara com personagens de Strider, Captain Commando, Knights of the Round, King of Dragons, Magic Sword, Mega Man, e é claro, Street Fighter II e Final Fight. Zangief, Ryu, Ken e Chun-Li aparecem inclusive em uma tela de abertura alternativa. Abigail, Blanka, Cody, Dhalsim, E. Honda, Edi. E., Guile, Guy, Haggar, Poison, Rolento e Sodom também podem ser vistos.

 

Warriors of Fate (Arcade, 1992)
Warriors of Fate é mais um jogo de plataforma (Beat ‘em up) da Capcom. Se o jogo for completado com apenas um crédito, o jogador verá uma seqüência especial depois de inserir suas iniciais. Nos finais normais (dos quais há dois, dependendo se você mata ou não Akkila-Orkhan [também conhecido como Cao-Cao ou Sou-Sou]), os créditos rolam imediatamente após a imagem retratada de seu personagem ser exibida, mas ao terminar usando somente um crédito, uma cena adicional é exibida contendo diálogo entre três meninas, e surpreendentemente, uma briga entre dois Mobi-Chan vestindo trajes de Ryu e Ken! Aliás, Mobi-Chan é um personagem do jogo Hyper Dyne Side Arms, jogo de nave lançado pela Capcom para arcades em 1986, e é também o cursor na tela seleção dos títulos da série Street Fighter II.

Saturday Night Slam Masters e Muscle Bomber Duo: Ultimate Team Battle (Arcade, 1993)
Assim como Final Fight, a série Slam Masters é diretamente ligada a Street Fighter. Os personagens Slam Masters são referenciados e fazem aparições ocasionalmente na série Street Fighter. Biff Slamkovich (Aleksey Zalazof no Japão) de Saturday Night Slam Masters é um conhecido (e possivelmente parceiro de treinamento) de Zangief. Ele declara depois de perder: “O camarada Zangief estava certo! Todos vocês lutam sujo!” Na versão japonesa é explicado que Biff, junto com Gunloc, treinou com Haggar. Ao lutar em dupla, Biff e Gunloc são conhecidos como “The Hyper Cannons”, uma parceria que se refere ao final de Hugo em SF III 2nd Impact.
Lançado em 1993, o primeiro Slam Masters, é um jogo de luta no estilo wrestling e tem como personagem selecionável o eterno prefeito de Metro City, Mike Haggar, de Final Fight. Chun-Li faz uma aparição como membro da multidão ao fundo. Além disso, um personagem parecido com Ryu está atrás dela à esquerda, mas como sua cabeça muda de cor dependendo da arena e como o mesmo personagem aparece espelhado no lado direito da arena, então não tem como cravar que é mesmo Ryu ali. A figura de Chun-Li, por outro lado, é certa; do outro lado da arena, onde esperava-se encontrar seu sprite espelhado, outra mulher está em seu lugar.
Meses depois, foi lançado Muscle Bomber Duo: Ultimate Team Battle, lançado no Japão como Muscle Bomber Duo: Heat Up Warriors, é uma versão atualizada do Slam Masters original que elimina o modo Single Match do jogo original, concentrando-se exclusivamente no modo dois contra dois. Chun-Li e o suposto Ryu também estão na plateia.

Dungeons & Dragons: Tower of Doom (Arcade, 1993)
Beat ‘em up desenvolvido pela Capcom, há um personagem com enorme semelhança com Mike Haggar, de Final Fight. O personagem não tem nome, depois de selecionar seu personagem, o suposto Haggar, solicita que você insira seu nome em seu livro de visitas antes de desejar uma boa noite de sono.

Ring of Destruction: Slam Masters II (Arcade, 1993)
Três personagens da série Street Fighter aparecem na platéia de Ring of Destruction: Slam Masters II: Zangief no palco de Moscou, Balrog no estágio de Las Vegas e E. Honda no estágio final da CWA.

Cyberbots: Full Metal Madness (Arcade, Saturn e PlayStation, 1995)
Cyberbots é um jogo de luta de robôs da Capcom lançado apenas no Japão, e é um spin-off do beat ‘em up Armored Warriors, lançado para arcades em 1994. Um dos robôs é Zero Gouki (também abreviado no jogo como “Z-Gouki”), e ele é um personagem secreto. Para consegui-lo é preciso terminar o jogo sem usar continue a partir da dificuldade 4. Como foi lançado apenas no Japão, ele aqui não é mencionado como “Zero Akuma”, ou “Z-Akuma”, que seria sua tradução natural caso o jogo tivesse uma versão americana. No entanto, essa não é a única aparição do personagem. Ele retorna na série SNK vs. Capcom: Card Fighters Clash, card games produzidos pela SNK em 1999 para seu console portátil Neo-Geo Pocket Color (e anos mais tarde, o Nintendo DS também ganhou uma versão). Esse jogo também foi lançado nos Estados Unidos, e a carta do personagem nomeada como “Zero Akuma.”

Marvel Super Heroes (Arcade, PlayStation, Saturn, 1995)
Akuma faz uma aparição como um sprite em Marvel Super Heroes. Essa aparição é bem obscura, pois o sprite é encontrado apenas em um dos ataques de Anita, que é uma personagem secreta no jogo. A existência de Anita no código do jogo é certamente misteriosa; ela nunca foi um personagem jogável na série Darkstalkers a partir da qual ela se originou, sendo adotada por Donovan Baine – ainda assim a Capcom decidiu incluí-la aqui como um personagem oculto, tal como eles fizeram com Akuma no X-Men: Children of the Atom. No entanto, a idéia parece ter sido abandonada antes da conclusão: Anita não tem final de jogo, o nome dela não é exibido na barra de vida, ela tem a foto de perfil de Thanos e muitos de seus ataques estão incompletos. No entanto, ela é jogável, empunhando uma versão em miniatura de Dhylec, a espada de Donovan e ela tem a capacidade de convocar dois espíritos, Akuma e Mei-Ling (irmã gêmea de Hsien-Ko). É quando Anita invoca seu espírito que aparece o sprite de Akuma de Super Street Fighter II Turbo.

Capcom Sports Club (Arcade, 1997)
A Capcom lançou um jogo com três categorias esportivas diferentes: tênis, basquete e futebol. Uma das personagens do jogo de tênis, é a chinesa “Li-Li”, e ela tem um design muito parecido com o da lutadora Chun-Li. A semelhança é muito próxima para ser mera coincidência e, combinada com o nome e a nacionalidade, isso parece ser uma referência deliberada.

 

Rival Schools: United By Fate (Arcade, PlayStation, 1997)
Produzido pela Capcom, tem Sakura, de Street Fighter, como uma das personagens de seu elenco.

Fighting Layer (Arcade, 1998)
A Arika ficou conhecida por sua série Street Fighter EX, jogo de luta que tinha em seu elenco, além de tradicionais personagens da série Street Fighter, personagens originais da Arika. Com a experiência adquirida, a empresa resolveu criar sua prória série de luta sem os personagens da Capcom. Nascia Fighting Layer, lançado somente no Japão, e que não teve nenhuma conversão para consoles domésticos, ou mesmo para PC. O jogo contou com Allen Snider e Blair Dame, do SF EX original, personagens que não retornaram em SF EX 2 e SF EX 3.

Cannon Spike (Arcade e Dreamcast, 2000)
Conhecido no Japão como Gunspike, é um jogo de tiro desenvolvido pela Psikyo, conta com diversos personagens do universo Capcom, entre eles, Cammy e Charlie.

Fever 4 Sankyo Official Pachinko Simulation (PlayStation, 2001)
Produzido pela Sankyo, e distribuído pela ICS, é um jogo praticamente desconhecido da maioria do público ocidental, tendo sido lançado somente no Japão. Inclui três máquinas de pachinko de Street Fighter II. Tal como acontece com o Super Puzzle Fighter II Turbo, o jogo apresentou as versões chibi dos personagens do Street Fighter.

Kuusou Daibouken X3 / Startling Adventures (PlayStation, 2001)
Adventure lançado pela Capcom somente no Japão, R. Mika aparece na seção Space Rescue Joe oferecendo conselhos ao jogador.

Slotter Up Core 7: Dekitou da! Street Fighter II (PlayStation 2, 2005)
Outro jogo pouco conhecido, foi lançado somente no Japão, é um simulador de slot machine, com tema de Street Fighter.

Nazo Waku Yakata: Oto No Ma Ni Ma Ni (Nintendo 3DS, 2011)
Mais um jogo obscuro e lançado somente no Japão. É um adventure baseado em comandos de voz. M. Bison faz uma participação aqui. Na sala de jogos, você jogará “Street Fighter Nazo Waku Edition”, onde você poderá atacar M. Bison usando o microfone do console.

Onimusha Soul (brownser game, smartphone, 2012)
Primeira experiência da Capcom em um jogo de navegador, foi lançado apenas no Japão. E está disponível tanto em navegadores online como em celulares. Em 2014, o PlayStation 3 recebeu sua versão, também exclusivamente no Japão. O jogo recebeu trajes feudais de Street Fighter.

Alien vs. Predator (Arcade, 1994)
Menção ao Street Fighter com a figura do Ryu de costas em um telão ao fundo.
Captain Commando (Arcade, 1991)
Um dos itens do jogo é um busto de Haggar, de Final Fight.


Pinball FX e Zen Pinball
A Zen Studios produz simuladores de jogos de pinball para as todas as plataformas atuais, e o jogador pode comprar mesas com tema de Street Fighter.

The Simpsons Game (PlayStation 2, PlayStation 3, PSP, Nintendo DS, Wii, Xbox 360, 2007)
Ryu também resolve aparecer por aqui.

Homenagens em desenhos, séries e filmes:

Lucky Star (anime)
No anime Lucky Star, a personagem Konata enfrenta um lutador de nome “Foreigner”, que é uma homenagem a Guile:

City Hunter (filme)
Filme clássico de estrelado Jackie Chan e aqui no Brasil conhecido como “O Caçador de Encrencas.” No filme de 1993, há uma parte em que Jackie, luta contra vilões em um navio a bordo. Acidentalmente, ele cai em cima de máquina de arcade de Street Fighter II.  Após choque elétrico ele se transforma em E. Honda, então Chun-Li, Guile, Dhalsim e enfrenta seu adversário, que se transforma em Ken.

Detona Ralph (Wreck-It Ralph, filme)
O filme é focado em vilões dos jogos de videogame, e M. Bison e Zangief são retratados assim. Outros personagens da série aparecem ao longo do filme, em menor destaque.

Family Guy (série)
Aqui no Brasil conhecida como “Uma família da pesada”, a série também homenageou Street Fighter em um episódio:

Yu Yu Hakusho (anime)
Em um episódio, a série que fez bastante sucesso no Brasil faz diversas referências a personagens da série Street Fighter: Ryu, Dhalsim, Zangief, Chun-Li, E. Honda e Retsu.

The Notorious B.I.G. – “Juicy” (clipe de rap)
O rapper The Notorious BIG, em seu clipe oficial “Juicy”, de 1994, aparecem duas pessoas em casa jogando uma partida de Street Fighter II para o Super NES, onde você pode conferir abaixo, a partir de 2:35:

American Dad! (desenho)
Uma personagem aparece vestida com a roupa de Chun-Li em um episódio da série.

Avatar: The Last Airbender (desenho)
No episódio “Sozin’s Comet Part 1.” por volta dos 24 minutos, depois da cena em que Fire Lord Ozai se auto-intitula o Rei de Phoenix, há uma cena em que Zuko, Toph, Sokka e Katara caminham para Earth Kingdom Bar para encontrar Jun (um caçador de recompensas). É nesse momento que “Ryu” aparece.

E aí, gostou dessa matéria especial? Encontrou algum erro? Faltou algo a ser citado aqui? Provavelmente existe ainda uma série de referências e homenagens não relatadas aqui, mas podemos atualizar em breve. Diga aí nos comentários!

Autor: Anderson Castro
Fontes: Street Fighter Miscellany, Outer Space, Purgatório Eletrônico, Capcom-Unity e GameFAQs.

Ecological imperialism expoliated the college homework with college-homework-help.org stock in the west